Posts Recentes

filmes de guerra

Filmes de guerra: conheça aqueles que você não pode perder!

Os filmes de guerra relatam destruição, trauma e vidas sendo perdidas, mesmo quando os personagens permanecem vivos. É importante dizer que a guerra nunca é bonita, mas no cinema essa beleza existe. 

Mesmo que haja um grande desconforto em assistir algo terrível, os melhores filmes de guerra causam justamente esse sentimento. Por isso, conhecer quais são eles é o primeiro passo para conferir um bom filme. 

filmes de guerra

Quer fazer faculdade com bolsa de estudo? Confira no Vai de Bolsa!

Quais são os melhores filmes de guerra?

Antes de mais nada, é importante dizer que não existe beleza na guerra, pois há destruição, traumas e vidas perdidas. Inclusive, as vidas são perdidas mesmo para aqueles que permanecem vivos. 

Porém, mesmo que não exista beleza na guerra, no cinema há. Inclusive, é comum que exista um grande desconforto em assistir esse tipo de filme, mas é isso que as melhores produções causam. 

Além disso, alguns diretores tendem a criar verdadeiras obras primas, onde o pior dos seres humanos é despertado e relatado. Sendo assim, se o seu objetivo é encontrar os melhores filmes de guerra, veja a lista:

Alerta Lobo

Antonin Baudry é o diretor desse filme. Enquanto as cenas subaquáticas acontecem, é possível verificar toda a tensão que está prestes a ocorrer, devido a toda a claustrofobia causada pelo submarino.

Apesar de ser um filme pouco comentado, Alerta Lobo é uma produção que conta com uma produção dualista. Portanto, vale a pena dar uma conferida nesse filme, principalmente se está procurando um dos melhores filmes de guerra. 

Guerra ao Terror

Antes de mais nada, Guerra ao Terror, um dos filmes de guerra, tem esse título em português devido a referência dos Estados Unidos da América em resposta aos ataques que aconteceram em 11 de setembro. 

Kathryn Bigelow é quem dirige esse filme, que exalta os soldados que estão na guerra, mas nem tanto o governo que os colocou nessa situação. A sensibilidade que a diretora teve ao relatar sobre a pressão psicológica é vista durante o filme. 

A Queda! As Últimas Horas de Hitler

O filme é baseado nas documentações encontradas e também nas memórias de Traudl Junge, a última secretária pessoal de Hitler. Através dessa opção de filmes de guerra, o telespectador pode observar uma visão mais intimista de Hitler. 

Durante o filme, é possível ver um lado mais humano de Hitler, onde ele impõe a sua liderança e mostra suas estratégias. Além disso, os telespectadores também podem ver mais sobre a sua ruína. 

Túmulo dos Vagalumes

Baseado em um livro que relata parcialmente uma autobiografia, Haturo no Haka, de Akiyuki Nosaka, conta que viu suas irmãs morrerem de desnutrição causadas devido a guerra. 

É importante dizer que os telespectadores não devem se deixar levar pelo formato de animação japonesa, pois esse será um dos filmes de guerra, assim como outros gêneros, mais tristes que você assistirá. 

Vá e Veja

Vá e Veja, com um roteiro escrito por Ales Adamovich, desperta todos os sentimentos que o ser humano pode sentir pela guerra: ódio, tristeza, desprezo e mais sentimentos parecidos com esses.

Vale ressaltar que esses sentimentos não são causados somente pela história que o filme retrata, como também fora da tela. Ao mesmo tempo em que o filme consegue ser cruel, ele é poético.

filmes de guerra

Invencível

Invencível, é mais um dos filmes de guerra que devem entrar para a sua lista. Dirigido por Angelina Jolie, com roteiro de Coen, Richard LaGravenese e William Nicholson, esse filme certamente é dirigido por uma paixão intensa. 

Esse filme traz uma combinação de superação e, além disso, do que a força é capaz de fazer. Sem contar com a inspiração que ele exerce sobre os telespectadores, algo que Angelina Jolie consegue ao construir ao para o público.

Corações de Ferro

David Ayer é quem dirige Corações de Ferro. Através dessa trama, ele consegue despertar os sentimentos mais introspectivos dos protagonistas da tela. Mesmo ainda estando em combate, o filme consegue despir esses homens. 

Inclusive, ao observar que a inocência de um desses homens é corrompida, a dor que o telespectador sente é real. Desde a primeira cena, até a última, esse filme prenderá a sua atenção!

A Hora Mais Escura

Primeiramente, Kathryn Bigelow é a diretora deste filme, dona de uma intensidade única. Quem protagoniza essa história é Jessica Chastain, que sempre causa uma sensação de urgência.

Esse filme vai muito além da ação, transformando a história sobre um estudo da personagem. Vale ressaltar que esse filme é dirigido por uma competência absurda, e que será lembrado por quem assisti-lo. 

Falcão Negro em Perigo

Ridley Scott é quem dirige Falcão Negro em Perigo. Inclusive, essa é uma das histórias que consegue criar uma empatia quase imediata em quem assiste, ajudando os telespectadores a compreender a real expectativa. 

Além disso, o roteiro também ajuda a compreender o motivo dos soldados de darem suas vidas nas situações que são retratadas. A resposta para isso também é simples, sempre retratando a história com uma sensibilidade inquestionável.